ciclista phino

vou de bike, se sabe

vou de bike, se sabe

por Rafa*

post em três tempos

tempo 1

Vivo em São Paulo e, como vocês estão carecas de saber, não consigo me adaptar a uma rotina de exercícios físicos. Acho uma merda academia e musculação, apesar de adorar esportes e um corpo bonito.

Então, para 1) não colocar mais um carro nas ruas da metrópole e 2) me exercitar, resolvi comprar uma bicicleta e sair por aí pedalando. “Ciclista é o que há de phino” foi a premissa que me impulsionou. Eis que…

Em mais um momento de ansiedade crônica na minha vida, não me agüentei e já saí da loja pedalando. Fui de carro com duas amigas porque o local onde comprei o veículo fica muito longe da minha casa. Vamos lá Rafa, coragem, penso. Óculos à la “Betty, a A Feia” no rosto porque tenho miopia, capecete novo, bermuda de jogador de basquete… Sim, eu estava um bicho de feio. Glamour zero. E ainda tinha uma marginal Pinheiros inteira pra atravessar até o meu lar paulistano.

A pessoa não tem noção de que:

1) atravessar uma ponte da marginal é MUITO perigoso, mesmo num domingo;

2) não se tem o domínio da bicicleta no primeiro dia de uso e

3) você pode morrer atropelado na marginal a qualquer momento se estiver de bicicleta.

Como vocês podem perceber, não morri e estou aqui para contar. Mas o nome desse blog não é em busca do phino? Um dia chego lá e posto uma foto minha com a minha magrela e roupas adequadas pra vocês morrerem de inveja. Enquanto esse dia não chega…

Semana passada fui apurar uma matéria sobre sustentabilidade numa praça. Vou de bike, se sabe… porque sou sustentável. Mas São Paulo não é, e, em um dos buracos da vida de uma das ruas da cidade, a correia arrebentou e eu tive que caminhar horas com a minha bicicleta até chegar em casa.

Tanta baboseira só pra reforçar a idéia que não é fácil se rephinar na capital paulista. Necessita-se esforço e coragem. E pode não ser suficiente.

tempo 2

Amigo liga para reclamar de dor nas pernas e de um provável reumatismo. Explico que a dor é decorrente de nossos pulos descoordenados na segunda durante o show do REM. Também estava com dor nas pernas, mas tenho consciência do que meu corpo pode agüentar/suportar. Já my friend…

tempo 3

Meu único amigo barbie (tá dentro da cota e, por favor, se você for barbie e quiser ser meu amigo, não insista, não há mais espaço para outro na minha vida) me avisa que vai se bombar (sim, anabolizantes). Diz que vai tomar um ciclo completo, que dessa vez vai fazer tudo direitinho (???!!!). Gente, tem é que tomar o ciclo completo da vergonha na cara, pelamordedeus.

PS: hoje arrumo minha bicicleta e me matriculo em alguma academia. Não há de ser nada. Não vou desistir.

*Rafa entende que barriga após os 30 pode ser sinônimo de masculinidade e/ou dinheiro. Mas não tá nem aí e segue correndo atrás de um tanquinho pra chamar de seu. Toda segunda ele recomeça a luta para recuperar a boa forma. Também dá as caras por aqui.

3 Comentários

Arquivado em homem phino, muito phino, Rafa

3 Respostas para “ciclista phino

  1. Colega maluca 1

    Parabéns, siga tentando ser feliz com sua bike.. ser sustentável nem sempre é fácil ou glamouroso. Vide “eco bags”, hoje quase todo mundo entende e acha bonito, há dois anos atrás, tirar uma sacola de pano da bolsa para acomodar as compras do super não era nada glamouroso.. eu sei..

  2. Eu escolhi correr só porque sou cagona. Meu sonho era ser ciclista, que é muito mais phino, mais rápido e mais ventinho no rosto para balançar as melenas. Mas tenho medo de ser atropelada e, com esta cabeça de vento, duraria uma semana até um ônibus passar por cima de mim e estragar minhas lindas roupas de exercício.
    Admiro quem pedala. E sobrevive.

  3. hahaha, também estive prestes de comprar uma bike, mas visualizei antes toda esta epopéia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s