Phooom-phoom

cruzeiro universitário, baladas e drogas?? tu tá é loka bi!!!

cruzeiro universitário, baladas e drogas?? tu tá é loka bi!!!

Por L’Andreis*

O apito do navio soou pela última vez. Em vez da fila que tivemos que
pegar na entrada em Buenos Aires, a saída foi uma delícia. Cada andar
tinha uma cor e um horário. A nossa era lavanda.

A última visão que tivemos do navio foi a cidade de Valparaiso. Um dos
lugares mais bonitos do mundo, o que falo com conhecimento de causa.
Merece um post aparte e terá. Deixamos as coisas no hotel e saímos para
tomar um café com minha amiga, a diretora chilena Alejandra Frits, e
seu marido. Passamos o dia na rua e, quando voltamos para o hotel, do
terraço conseguimos ver o nosso navio deixando o porto para outra
viagem.

Para encerrar, resolvi me permitir um analfabetismo de final de ano,
uma lista a la People em vez da dissertação New Yorker. As primeiras
são as phinesses do navio e, logo depois, os justos tigrados com
pneuzinho aparecendo que a gente encontra pelo mundo. Aproveitem e bom
ano!

PHINO, PHINO, PHINO

– O navio ter voltado quatros horas em meio a um mar agitado para
resgatar um navio exploratório chileno que estava com problemas.
Gentileza marítima internacional.

– Em Punta Tombo, um simpático pingüim chegou até meu tênis e mordeu
os cadarços tentando desamarrar.

– Lhamas e guanacos: phinos assim, brincando pela Patagônia.

– A geleira Romanche, que está derretendo (feio), mas por isso tem uma
cascata (lindo). Quando passamos por ela, quatro pingüins brincavam de
escorrega (sério).

– A minha camareira filipina que me fez rir várias noites deixando em
meu quarto um coelho feito com as toalhas limpas e brancas em cima da
cama.

– Um senhor jamaicano que atende nos restaurantes e veste um smoking
como poucos.

– Os leilões de arte da galeria Park West com bom champanhe e
originias de Rockwell, Dali, Picasso, Goya e até Joe Barbera.

– A cream cheese do Sports Bar.

– A academia do navio: a única cool do mundo. Madeira escura, música
de acabação na pista e não techno latino, e ainda uma televisão
individual para cada aparelho, que tinha que brigar pela audiência pelo
mar que víamos pelas janelas a um palmo do nosso nariz.

– A maioria democrata dos americanos que conhecemos no navio.

– O sistema do navio que trata tudo antes de jogar fora do mar e ainda
produz a própria água filtrando o sal.

– O jantar de hoje à noite na minha amiga vencedora de Tribecca. Ela
descobriu-se gay apenas ano passado, e eu adorei.

TIGRADOS

– Um chef de um dos restaurantes que foi estúpido comigo sem razão.

– Uns brasileiros da Bahia que cometiam gafes mais do que respiravam,
além de ter levado para o frio abaixo de zero uma criança com menos de
um ano de idade.

– Um velho alemão que expulsou meu marido de uma mesa de frente para o
mar (achou que ele era polonês heh) e ficou na frente da artista
querida australiana Sharon Thirkettle (www.sharonthirkettle.com)
enquanto ela pintava as gelerias em aquarela.

– Os comerciais da Fox News: é pra rir ou chorar?

– A síndrome de Ciro Bottini, que atacava o navio uma vez ou outra:
COMPRE COMPRE COMPRE. Se eu quero comprar, não te preocupa que eu vou.

*L’Andreis aproveita o dia da melhor forma e, à noite, vai apenas a festas phinas. É contra pegação e Pringles. Malhou em um cruzeiro como nunca dantes, mas não deixou de escrever aqui às quintas.

2 Comentários

Arquivado em correspondente internacional, L’Andreis, muito phino, trip phina

2 Respostas para “Phooom-phoom

  1. Se serve de consolo pro teu marido: uma vez em Paris, todos achavam que eu era polonês. Resultado: não peguei ninguém. Dói até hoje só de lembrar. Da próxima vez, pinto os cabelos, juro.

  2. Carol Andreis

    Ah, a vida phina tem disso. Os provincianos tentam se espalhar pelo mundo, mas nós, cosmopolistas que não perdemos o rebolado nunca, temos que virar o nariz alquilino pra eles.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s