Depois daquele coágulo

penhoir bordado com renda? acho melhor não, gata!

penhoir bordado com renda? acho melhor não, gata!

Por Tonha Fever*

Com todo respeito a Dany Darko e SextaSessão, mas se já é difícil ser
phina em Paris e na academia, mil vezes mais dura a vida de quem tenta
manter a phinesse em um quarto semiprivativo de hospital.

Semiprivativo é o jeito mais phino que o hospital encontrou para
chamar as quatro paredes em que dois pacientes precisam compartilhar
seus suspiros de dor ou tédio, o ar que respiram e a TV 14 polegadas
separados por uma cortininha. Longe de mim desejar mal a alguém, mas
como o tempo sobra e cabeça vazia é morada do diabo, aí vão as dicas
de comportamento phino em ambiente hospitalar:

Se você é amigo:

_ Visite. Não faça a egípcia offline (menina, não fiquei sabeindo!).
Não custa nada reservar 15 minutos e faz toda a diferença.
_ Leve um mimo. Revistas, CDs com seriados gravados (se o acamado
tiver um notebook à disposição), guloseimas, seu filho pequeno,
qualquer coisa que possa diminuir o tédio é bem-vinda.
_ Pode fazer perguntas sobre a doença, mas não duvide das versões do
doente sobre causas e efeitos.

Se você é conhecido, colega:
_ Tudo bem mandar beijo por alguém que vá visitar ou enviar um email.

Se você é acompanhante de doente:
_ Lembre-se que a vontade dos pacientes sobre a temperatura do
ar-condicionado e o canal de TV é soberana.
_ Ofereça-se para buscar água ou ajudar o paciente vizinho que foi
temporariamente abandonado pela família.
_ Evite o small talking com o paciente vizinho e a troca de
informações e descrições de doenças ricas em detalhes com seu
acompanhante.

Se você é médico(a) ou enfermeiro(a):
_ Sorria, seja gentil e mantenha-se cheiroso (mas não demais).
_ Bom conhecimento teórico e destreza com as agulhas também são bem-vindos.

Se você é doente:
_ Resista o quanto der à tentação de fazer chantagem emocional com
amigos e parentes.
_ Deixe as revistas lidas à disposição da vizinhança. Muitos pontos de
dignidade e simpatia angariada.
_ Se liberou o controle remoto para a turma do paciente ao lado
jurando que a TV ficaria no primeiro capítulo de Caminho das Índias,
não se desespere pela Juliana Paes derramada caso eles prefiram algum
filme bizarro.
_ Por fim: é o seu momento, você está sofrendo no ambiente apropriado
e pode infringir várias regras da phinesse, desde que o único
prejudicado seja você mesmo. Não perca a oportunidade de dar uma volta
até a cafeteria só porque seu penhoar não voltou da lavanderia. Vá de
pijamas porque ninguém tem o direito de achar feio.

*Tonha Fever teve uma trombose, mas acha mais phino falar coágulo.
Aproveita os dias de convalescência no Hospital Moinhos de Vento para
praticar a gentileza, fazer um pouco de manha e intelectualizar-se.

Anúncios

9 Comentários

Arquivado em contribuição phina, fica aí a dica

9 Respostas para “Depois daquele coágulo

  1. Momento confesso: tive que ir ao google para saber o q significava “penhoir”. Dúvidas ainda me rondam: tem pra homem?

  2. vivi

    dúvidas:

    1) eu não sabia o que é penhoir, isso me faz menos phina?

    2) comentário de post de blog substitui e-mail? (na dúvida: boa sorte, tonha, e se joga no chocolate. te permite!)

  3. Lari

    Peça básica no enxoval da moça phina. Mas confesso que não tenho um, foi só para dar graça.

    E comentário tá valendo, Vivi 🙂

  4. O penhoir é também o phino Robe-de-Chambre, pronunciado à francesa, é lógico. Mas lá pelo Molhe Oeste eles chamam de chambre mesmo! Por aqui há quem diga “hobby”, pero…não é a mesma coisa, aí a teacher não gosta da confusão! Tem também o nome não tão phino “roupão”…esse é um horror.
    Tonha, fazer muuuuuita manha é permitidíssimo!

    Em tempo:
    “Pegnoir / Penhoar
    Do francês peigner, “pentear”, o penhoar data do século XVI. É usado no quarto, pelas mulheres, antes de se vestirem. Sempre foi uma peça solta, às vezes usada com BATA por baixo, tendo mangas compridas ou curtas e, geralmente, chegando aos tornozelos. No século XIX, o penhoar costumava ser feito de algodão ou outros tecidos leves e adornado com renda e fitas. “(BELISARIO, Paulo. Dicionário de Moda)

  5. sextasessao

    Fiz meus comentários e tirei as principais dúvidas direto com a paciente por msn – logo, poupo os leitores phinos das dúvidas médicas que me assolaram.
    Hipocondríaca que sou, ontem tinha que ir à médica e falei do caso da Tonha. Dra. me contou que teve trombose nas duas pernas, ao mesmo tempo, depois de 14 horas de viagem. E garantiu que a contribuinte phina deste blog vai ficar bem bem boa.

  6. tica

    no hospital: phino mesmo eh ganhar cafe na cama 🙂

  7. Olha, Tonha, até um vídeo gigantesco de quatro minutos eu uploadeei para te deixar mais feliz. Meus esforços não serão poucos para acabar com o teu tédio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s