Presente de aniversário

acho que vejo dois gatinhos

acho que vejo dois gatinhos

Por Rafa*

“Você perdeu de conhecer uma pessoa bem legal”, disse o gato tatuado com quem eu havia passado a noite, em tom profético. Não disse tchau nem adeus. Mas o recado foi (muito bem) dado.

E assim terminou o meu aniversário. As circunstâncias para se chegar até essa frase não interessam. O que realmente importa é que eu estava fazendo 29 anos. E, quando se faz aniversário, PODE.

Sim, eu bebi demais, sim, eu devo ter dançado até o chão, sim, tinha colega de trabalho que viu tudo, sim, eu esqueci muita coisa horrível que fiz (ainda bem), sim, teve pegação.

Não se assustem, phinos amados. Não estou contrariando a teoria da dignidade, que vocês tão bem aprenderam comigo (para revisar, clica aqui).

São as famosas exceções às regras.

Faço-me entender melhor. No dia do aniversário, todo mundo tem o direito de gastar 100 pontos. É grátis, mas não é cumulativo. É necessário gastar até o nascer do sol.

Lembro bem do meu primeiro aniversário em São Paulo, comecinho de 2007, quando utilizei o artifício da exceção. Não tinha muitos amigos na época, então, resolvi ir numa baladinha com os três mais chegados. De repente, um cara lindo passa por mim.

Ele não era só lindo, mas daquele tipo que você sabe que nunca vai te dar bola.

Eu pensei comigo e com meus botões: é meu aniversário, vou falar. Levar um fora, se a abordagem é boa, não perde ponto. Mais: era meu aniversário. 100 pontos grátis!!!! Por que não gastar com alguém que mereça?

Abri um sorrisão e disse:

– Oi, tudo bem?

Cara me olha, meio com medo, fazendo a egípcia. Insisto:

– É o seguinte, deixa eu me apresentar. Meu nome é Rafael. Hoje eu tô fazendo 27 anos. Só queria te dizer uma coisa: o aniversário é meu, mas o parabéns é pra você.

Ele sorriu. Sorriu muito. Agradeceu. Seguiu seu caminho.

Fiz um bonitão feliz. Não que ele precisasse, mas eu estava inspirado. Enfim. Não ganhei nada com aquilo, mas também não perdi. Exercitei meu lado Amélie Poulain, sabe como é. Resolvo a vida dos outros. A minha que é bom…

Eis que dois anos depois, mais precisamente quinta passada, decidi que era hora de dar um jeito em mim.

Tudo conspirava a meu favor. Pessoal do trabalho me expulsou da redação pra eu comemorar mais um verão de vida na terra. Amigo me chama pro seu bar e diz que tem uma champanhe geladíssima me esperando. Meninas que moram comigo dizem sim, vamos lá, sem titubear. Por que não ser feliz?

E outra, eu ainda não havia beijado em 2009. Sexo, então…

Me atirei sem medo.

O problema é que a frase lá do começo dessa coluna eu devo ter ouvido lá pelas 11h da manhã. Já estava escutando outras coisas horríveis, no mesmo nível, desde 9h.

Ou seja, o dia já tinha amanhecido. O sol, lá fora, bombava.

É por isso que fui de ressaca braba pra terapia, aparecendo pontualmente, ao meio-dia. É exatamente por causa dos raios solares que à noite daquele dia jantei phinamente em um bistrô francês com amiga chique. E sábado acordei cedo e fui pra academia. E recebi amigos em casa com classe. E acompanhei uma história perigosa de uma amiga, dando, como sempre, conselhos ótimos. E ontem terminei a primeira temporada de Gossip Girl. E comecei a ler o novo livro da Danuza. E adiantei trabalho em casa.

E fiz o maior esforço pra escrever esse texto pra vocês. Não dava pra atrasar mais uma semana.

Confesso também que preferia não ter que compartilhar tudo isso. Perder a classe depois que o sol amanheceu, quase 200 pontos a menos na escala da dignidade: não me orgulho muito. Bate pavor.

“Mas Rafa, conta o que aconteceu com o cara, o que houve de tão horrível pra ele te dizer isso?” Na boa, gente, contar perde pontos, vocês bem sabem. E ninguém que lê isso aqui quer o meu mal. Ou quer?

*Rafa completou 29 verões na última quinta. Avisa que é um novo homem a partir desta segunda, com todos os pontos perdidos recuperados.

10 Comentários

Arquivado em homem phino, Rafa, teoria da dignidade

10 Respostas para “Presente de aniversário

  1. vivi

    retorno de saturno, urrú. parabéns, querido. 🙂

  2. Caroline Andreis

    é só manter a phinesse e a dignidade que tudo vai dar certo. =)

  3. Maeli

    amei

    esse é o gatinho que ta morando com vcs agora?

  4. Ms.Riverside

    Ser Amelie Poulin tem dessas coisas…quando chega a hora da “Amelie” fazer a coisa certa…
    Bem vindo ao clube “Amelie Poulin Desastrada”, sim, porque desastrada é uma palavra phina prá definir nossas perdas de pontos!
    Rafa, vai passar…
    Agora curte teus 29 verões como recomeço. Parabéns à você nesta data querida!

  5. Rafa querido: foi o gato tatuado que perdeu a oportunidade de conhecer a baita pessoa que tu és. E é por isso que tu tens centenas de pontos extras da escala da dignidade pra gastar sempre que tu quiseres. Dá risada disso tudo e segue em frente.

  6. Rougée

    Escrever um post phino também ganha pontos na Teoria!

    Parabéns pelos 29 verões e que venha o outono, o inverno (para usar as roupas do SPFW), a primavera…

  7. Nathalia

    Adorei!
    Gostei de ser chique também, rs.
    bjs bjs

  8. Débora

    Adoroooooooooooooooooooooow!

  9. sextasessao

    Eu costumo fazer o seguinte cálculo:
    A-B=C
    Onde
    A: aqueles que perderam de conhecer as pessoas super-legais que nós somos (por culpa deles)
    B: pessoas legais que perdemos de conhecer (por culpa nossa)
    C: o resultado do cálculo, que prova porque somos nós os phinos e não “eles”

  10. tiaguinho

    olha, somos mais do que phinos…
    bebemos muita champagne e alen de tudo arrasamos na pista…
    dançamos e zoamos todos os indefesos que alí apareciam….
    valeu amigo, espero escabelar o palhaço contigo por inúmeras primaveras…
    e claro, com muita elegância, afinal somos lordes!
    bj*

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s