Uma ode às calcinhas

A phopa se joga no conjuntinho petit poa

A phopa se joga no conjuntinho petit poa

Por SextaSessão* em: saiba escolher as calcinhas certas para seu tipo de corpo

Tomei um susto esses dias no vestiário da academia: colega marombada vai lá, se esvai malhando para definir o corpão, mas bota a mercadoria dentro de uma calcinha grande amarela e de um sutiã puído pink. Que parte da lógica que eu perdi? Mulher reverencia a própria imagem (ótimo), cuida do visual com afinco (excelente), mas acha que roupa íntima é bobagem (como assim?).

Ao contrário do que a indústria de lingerie sexy sugere, essas peças não existem para contentar o teu bofe, mas para agradar a ti e te fazer feliz com o espelho. Se tu fores do tipo “não ligo para roupa” e tiveres a auto-estima inteiramente desvinculada da aparência, então, miss simpatia, “vai ler o blog do Noblat”**.

Para quem acha que uma embalagem bonita valoriza o presente, vão umas dicas que aprendi na prática, com algumas calcinhas certas e muitas calcinhas erradas.

Cores
Limite a paleta de cores a preto, branco e uma única terceira cor, assim, pode comprar peças avulsas de calcinhas e sutiãs e elas sempre vão formar conjuntos. Esquece o salmão, o lilás, o laranja e outras cores difíceis. A calcinha “gasta” antes do sutiã e logo tu vais ter uma peça sem par.

Bege
Bote fora todas as calcinhas bege. Não, não é porque “eles” não gostam, é porque te deixam feia. Olhe as fotos da campanha de lingerie que a Juliana Paes fez com um conjunto bege e me responde: se ela ficou desglamourizada, o que sobra pra ti?

A única peça admissível é um sutiã cor da pele para usar com blusas semi-transparentes. Se estiveres usando o dito e houver a súbita possibilidade de tirares a roupa em público, vá ao banheiro e ponha o sutiã na bolsa. Pronto, transformamos uma jeca de lingerie vovó numa gata-quente sem sutiã, u-huuu. Calcinhas cor da pele, jamais.

Sutiã
Meia-taça e caso encerrado. O modelo sustenta e dá forma, enquanto todos os outros só espremem teus seios.Tenha apenas um preto e um branco com bojo tradicional, para o dia que estiveres com preguiça de destacar a comissão de frente.

Ah, mas eu uso número 48, não devia tentar disfarçar o volume com um daqueles sutiãs de compressão? Não, phopha, valorize o que a natureza te deu. Ah, mas não é desconfortável? Não, tu que não sabes escolher. Meia-taça tem que ser de qualidade, de uma numeração maior e precisa ser experimentada na loja. Pretty e Maryn têm modelos confortáveis, bonitos e nada caros.

Ah, alças e partes de trás naquela coisa de plástico transparente são feias, bregas e pobres. Se a roupa tem fenda nas costas, use sutiã lindo desenhado para aparecer ou sutiã de alças móveis ou não use sutiã algum.

Calcinhas
Há calcinhas bonitas para todo tipo de bum-bum, abaixo explanado. As únicas terminantemente proibidas são as cuequinhas e as boxers. Não são belas, não são sensuais, não são divertidas, não são adultas. A menos que tu tenhas 12 anos, sejas bolacha de antigamente ou casada com uma bicha enrustida, não faz sentido usar calcinhas que lembram roupa de baixo masculina.

Bumbum e quadril grandes
Esquece aquelas que comprimem e apertam medidas. Tá te achando gordinha, vá fazer dieta. Calcinha é pra te deixar gata, seja o teu tamanho GG ou GGG. São ótimas as com laterais bem largas que vão diminuindo atrás até o final do “vale”, não apertam e não marcam. Para o dia-a-dia, recomendo as calcinhas sem costura da Liz, da Slogy e da Hope. Para o crime, DeMillus, Triumph e Valisere têm umas de renda lindas e a bom preço.

Bumbum e quadril médios
Não é porque tu tens dimensões intermediárias que pode usar de tudo. Os modelitos do tópico acima também ficam bonitos, mas tenha cuidados com os elásticos laterais se usares as tangas do tópico abaixo. Todas as marcas economizam nesse material, sempre menor que o devido.

Alça fininha estrangula o quadril, deixa duas “bochechinhas” dos lados e marca sob a roupa. Como a maioria das lojas proíbe experimentar, compre o tamanho G, mesmo que tu sejas M. Encontrada uma marca que te vista bem, te joga. Calcinhas bonitas nunca são demais.

Uma glória são as calcinhas com regulagem lateral. Conheci esse tipo com a marca Stratus, mas deve ter mais algum fabricante com cérebro neste país. Love Secret e Valiê têm calcinhas pequenas bonitas com elásticos ainda um tanto apertados, mas que cedem com pouco uso.

Bumbum e quadril pequenos
Use sempre as calcinhas muito pequenas e abuse das fio-dental (não, já disse, não é desconfortável, tu que não sabes escolher). Se insistires em usar as grandonas, saiba que tua retaguarda vai parecer ainda menor. Sobre numeração, não adianta comprar P, a não ser que tu tenhas menos de 85 cm de quadril. O famigerado elástico vai estragar tua silhueta. Prefira a M.

Calcinhas com zíper, cinta-ligas e espartilhos
Este post é sobre roupa de baixo, não sobre roupa de trabalho. Para calcinhas do gênero, vá ler blog de sex shop.
**Frase da Dany que eu estava louca para usar.

*SextaSessão adora lingeries e descobriu uma confecção em Porto Alegre que faz sob medida. Acha as Fruit de la Passion cafonérrimas, as calcinhas da Agent Provocateur enormes e as da Victoria Secret fofinhas. Ainda vai ter um conjunto La Perla, custe o que custar. Escreve aqui nas sextas e nos outros dias em seu blog, mas só quando voltar de férias.

Anúncios

16 Comentários

Arquivado em fica aí a dica, moda versus phinesse, mulher (realmente) moderna, SextaSessão, tendência

16 Respostas para “Uma ode às calcinhas

  1. Colega maluca 1

    Impressionada, mesmo fora da rotina, no seu merecido descanso, Sextasessão ainda tem um tempinho para caridade, compartilhando todas as suas regras de lingerie com os (as) leitores (as). Sugiro uma sobre biquínis, please, antes que acabe o verão.. Estou prestes a comprar mais um biquíni com estampa floreada, viu??

  2. Caroline Andreis

    Maravilhoso. Cultura, informação e phinesse. Mas exijo no meu e-mail o contato desse alfaiate das lingeries.

  3. Em busca do Pheno

    *Olhe as fotos da campanha de lingerie que a Juliana Paes fez com um conjunto bege e me responde: se ela ficou desglamourizada, o que sobra pra ti?*

    Juliana Paes tem cara de empregada. Empregada gostosa, claro, mas empregada. Obrigado

  4. Ms.Riverside

    O sujeito namora a mesma mulher há 14 anos [sem comentários]. Lá pelas tantas resolve voltar a ficar com uma antiga namorada [a que ele namorava antes da vítima dos 14 anos]. Eis que um dia a ex-namorada-outra está no maior rela-rela com o sujeito na casa dele, quando olha para o lado e vê atirado na cadeira ao lado da cama um medonho soutien beige [quase daqueles que se usa depois de fazer cirurgia plástica]. A moça travou, não conseguia mais nem pensar nos beijos, nos afagos, na tesão: “Que mulher é essa que usa langerie deste tipo[de malha grossa e beige parecendo uma armadura] e o cara não larga ela? E por que ele volta a ficar comigo?”
    Eu respondo, mocinha: Deve ser porque você combina a langerie e usa cores phinas.[Deveria ser…mas não é…]
    Quanto à namorada? Ela deveria ler o Phino, ou vai perder o cara para uma terceira. A segunda já decidiu que não quer um sujeito que não presta a atenção na langerie da parceira e não se importa de ir prá cama com uma mulher vestida de “armadura”!

  5. Pingback: Ode às calcinhas « Lágrima no escuro - Ficção real / Real ficção

  6. mariellat

    ADOREI: “Calcinhas com zíper, cinta-ligas e espartilhos
    Este post é sobre roupa de baixo, não sobre roupa de trabalho. ”

    hahahaha

  7. O EBDP virou revista feminina? ah tá… cadê os bofe minha gente?

  8. Caroline Andreis

    Ué, Rafa. Faz um sobre a preferência da galere no underwear dos bofes.

  9. Tem bofe que adora calcinha. Esse post também é muito útil pra eles!

    SextaSessão, quem precisa do Noblat depois de um texto desses?

    Bi-sous! =D

  10. Colega Maluca, nos vemos quinta e vou te dar o parecer sobre os biquinis.
    L’Andreis, a alfaiata de lingerie também economiza no elástico. Afora isso, te joga (Ana Lúcia 3307 6641; 8426 6363).
    Pheno, nem empregada, muito menos gostosa, merece calcinha bege.
    Ms.Riverside, lembrei dessa história enquanto escrevia, e ri mais uma vez.
    Mariellat, nada contra roupas de trabalho. Só vamos deixar as coisas organizadas…. Elas terão seu post.
    Rafa, nunca prestei atenção em cueca… sou do tipo que desembrulha o pacote rápido.
    Dany, presumo que os bofes franceses, phinos, sejam apreciadores das belas embalagens…. (suspiro)

  11. Pingback: Em busca da calcinha phina « Sextasessao’s Weblog

  12. Pingback: Ministério da Phinesse adverte: não tem calcinha na França « Em busca do phino

  13. Pingback: Desfile de lingerie na frente da nova chefe « Sextasessao’s Weblog

  14. Pingback: Ode às calcinhas « Lágrimas no escuro

  15. Pingback: Ode às calcinhas « …:::… The Riverside Blues …:::…

  16. Você escreveu algo que eu gostaria de ter escrito! Fantástico!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s