Pousada é brega

Na minha pousada ou na tua?

Na minha pousada ou na tua?

Por O Outro Lado (Em Busca do Feno) e Rafa*

O Outro Lado:
tu acha chique pousada?
acho uma merda esta cultura de pousada

Rafa:
ah… depende
mas te entendo
acho melhor que ficar nos formule 1 da vida

O Outro Lado:
eu acho que tem um problema de nomenclatura aí. pousada não podia custar mais de R$ 50 a diária por casal (ou vai, por pessoa) e garanto que tem pousada em praia badaladinha que custa uns R$ 300
pois é. e na mesma medida, tem lugar que se chama hotel por R$ 10. Eu acho que a Embratur precisava botar ordem nesse galinheiro
e chamar de hospedagem informal de baixo custo

Rafa:
mas tu acha um absurdo porque são caras?
é que tem lugares que só tem essa opção… ou é só o nome que te incomoda?

O Outro Lado:
o nome e a pretensão de maneira geral. eu acho uma babaquice aqueles lugares tipo Parati que os caras se hospedam em “pousada” com chão de mármore
porra, chama de hotel sabe

Rafa:
acho que sou muito phino… há anos que não coloco meus pés numa pousada
eu tenho um pouco de preguiça dessa coisa de ficar amigo dos donos
por isso que eu prefiro hotel, não é preciso fazer amizades
sou muito preguiçoso quando o assunto é gente

O Outro Lado:
não vejo obrigação nenhuma de ficar amigo de dono. neste feriadão, por exemplo, a gorda horrorosa dona da pousada em que a gente ficou me mordeu feio e doeu. Torci a cara na hora e fui embora sem um abano

Rafa:
como assim te mordeu?

O Outro Lado:
porra, lugar que cobra R$ 90 a estadia. não pode

Rafa:
tu ficou em pousada onde?

O Outro Lado:
Iporanga – SP
procura. é um pedaço de deus me livre, tu não acredita. mas tá cheio de caverna lá, uma mais incrível que a outra
fiquei com água no peito pra ir até o final de uma
mas a pousada tb se prevalece porque não tem absolutamente nada na cidade. se a pousada não desse jantar o pessoal ficava com fome, não tinha um restaurante

Rafa:
sério, mas eu acho que tenho muito medo de lugar assim
tipo, tava saindo com um cara que tem casa no meio do mato. mas só de pensar em ficar isolado lá – não tenho carro – me deu um STADNERVUS

O Outro Lado:
sim! deu um puta medo de estar lá. se desse qualquer problema no carro teria que entregar na mão de um mecânico que provavelmente ia fazer uma reza pro carro ficar bom

Rafa:
por favor, ao menos a cama era boa, não?

ai, que delícia essa pousadinha!

ai, que delícia essa pousadinha!

O Outro Lado:
não era
putz, a dor maior é que a cama era ruim
e a gente tinha visto um “HOTEL FAZENDA” (percebe como já é melhor?) com uma super cama e nem era tão mais caro
só que não oferecia a facilidade de pagar com cartão de crédito
imagina que pra passar cartão pra pousada eu fui no posto da cidade

Rafa:
hahahaha
que horror. e tu ainda me indica conhecer esse lugar? achei que tu gostasse de mim

O Outro Lado:
foi legal pra caramba, mas vai com um bofe que tenha um jipe

Rafa:
sério, eu só iria pra um lugar assim se eu estivesse com uma pessoa muito sensacional e que amasse muito tudo isso

O Outro Lado:
ou D20 pra cima

Rafa:
sim, eu tô te falando que tive essa oportunidade
e olha, nesse aspecto, prefiro ainda sair com os moços que andam de bilhete único, como eu

O Outro Lado::
bom, daí é programar final de semana viajando de avião
única saída. que viajar de ônibus simplesmente não dá

Rafa:
ah, tipo, dá pra ir pro rio de ônibus se a pobreza for muita
e dá pra se isolar lá se quiser
e voltar pra “semi-civilização” se quiser, digamos

O Outro Lado:
bem, vou ter que ir. eu ia escrever sobre como pousadas são bregas e deveriam ter faixa de preço, mas hj não vai rolar.

*O Outro Lado se irrita muito fácil e escreve aqui às terças, mas está muito preguiçoso. Rafa hoje é apenas coadjuvante. Os dois têm gostos bem diferentes. Ao mesmo tempo, são muito parecidos.

Anúncios

11 Comentários

Arquivado em diálogos com PH, Em Busca do Feno, fica aí a dica, lugares com PH, O Outro Lado, Rafa

11 Respostas para “Pousada é brega

  1. pior ainda quando são aquelas ‘pousadinhas’, da tia da amiga da colega de trabalho do irmão do amigo do meu amigo. aquelas que quase não tem como negar a ida. o fato é aceitar e no fim fazer a phina e pedir desconto, não é da tia da amiga da colega…

    editando sempre que posso.

  2. p.s.: além de tudo: O Outro Lado, estava esperando uma revolução e a proclamação de um levante contra as pousadas do meu brazil, porém tu simplesmente (e literalmente) saiu da conversa.

    pow! assim não vale!

  3. ahhh, tem umas pousadinhas que são phiníssimas – as chamadas pousadas de charme, ex: http://www.pousadadosobrado.com.br e apesar de nao ter tido o prazer ($$$) de visitá-las, acredito muito que sejam ótimas. propostas diferentes! ;]

  4. Só fiquei numa pousada na vida e ADORO!
    Vamos lá há 7 anos, na Ferrugem. Os donos são gaúchos. Ele (Martin), fotógrafo. Ela (Jó), revisora.
    Não é barato, mas o lugar é lindo, a conversa é ótima (sim, viramos amigos dos donos) e os outros hóspedes são engraçados, inteligentes e/ou loucos.
    Em fevereiro, após 5 dias lá, discutimos o seguinte: “se a gente se separasse, qual de nós ficaria com o Martin?”
    Se pousada paulista é brega, não sei. A que eu vou (olha aqui) é phina.

  5. Colega maluca 1

    adorei a foto do Zulu e a edição da legenda… no mais, difícil entender vcs.. Sugiro ao “Outro lado do pheno”, atualizar segundo a inflação o valor de 50 reais como diária justa de pousada.. E ao Rafa, ir acampar. Tu iria, se fosse com alguém muito gato e que amasse muito?

  6. Rougée

    Estive recentemente em Paraty. Me chamou a atenção a quantidade de pousadas que tranquilamente poderiam “evoluir” para o nome hotel.

    Colega maluca 1: acredito que o Rafa iria acampar sim…mas levaria a queen size junto.

    Rafa: bora acampar em Iporanga e escrever um post para nós!

  7. Ms.Riverside

    E por R$ 90 não dava prá disfarçar melhor o mofo comendo a parede ali do lado da cama?!

  8. Julia

    cara… adoro teus textos, mas adoro mais me esconder em Iporanga, e com certeza se te visse por lá ia esticar o olhar e gritar (sim gritar, minha finesse se acaba) CABAÇO ! rsrsrs

  9. Bianca

    Com certeza quem fala mal de Pousadas não conhece o conceito de tais! Há muito, que no Brasil, Pousada deixou de ser sinônimo de hospedagem para passantes! Essas pessoas deveriam conhecer a La Villette em Campos do Jordão ou a Pousada do Zé Maria em Fernando de Noronha, isso se tiverem poder econômico para isso. Mas podem contentar-se com um Hostel ou Albergue, já que a mentalidade não acompanha a modernidade!

  10. Bianca

    Ah! Mais um detalhe: nenhuma Pousada “evolui” para um Hotel, já que a diferença é a quantidade de suítes, tamanho da área construída e serviços oferecidos. Nenhum proprietário de Pousada (digo, uma boa Pousada) “sonha” em ter um Hotel. A Pousada é o diferencial. Assim como existem “Hotéis” de quinta categoria, também existem Pousadas de “quinta categoria”, o que na minha opinião, deveria ser proibido denominarem-se como tais. Não critiquem as Pousadas, saibam fazer suas escolhas!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s