Para minha futura melhor amiga para sempre

Por L’Andreis*

Não tenho paciência para contar quantas vezes desmanchei relacionamento com mulheres. Calma, safadeenho, não é o que você está pensando. Eu tinha amigas, girlfriends, BFF, no bom sentido dos termos.

O verbo no passado é importante. Nunca consegui manter amizades com fêmeas. Poderia listar vários motivos para isso. Acredite: eu e a terapeuta já fizemos isso, mas de que me adianta? Eu continuo sem ter com quem falar sobre esmalte e roupas do Gossip Girl.

Claro que tenho alguns amigos interessados em assuntos de mulherzinha. Eles preenchem o vazio que estar rodeada de homens héteros cria. Mas, mesmo assim, falta aquela amiga que entende por que a Maria de Fátima fez o que fez em Vale Tudo.

A minha primeira melhor amiga não gostava de mim desde o início. Ao me apresentar para ela, a primeira coisa que perguntou foi minha idade: “três”. Ao ouvir a resposta, ela levantou a mão, mostrando quatro dedinhos e balançou o corpo cantarolando “eu tenho 4, sou mais velha que tu”.

Sermos vizinhas por mais de dez anos nos fez amigas, apesar de termos tido sempre interesses diferentes. Adultas, até moramos juntas e convivemos bem. Admiro ela, mas é uma moça da educação física e do jiu-jitsu. Não poderei acompanhá-la ao show da Ivete, ainda mais agora que ela mora no Rio de Janeiro.


César Ribeiro (Carlo Alberto Riccelli) e Maria de Fátima (Glória Pires) em cena de "Vale Tudo": muito phino!

César Ribeiro (Carlo Alberto Riccelli) e Maria de Fátima (Glória Pires) em cena de "Vale Tudo": muito phino!


Na faculdade, foi um horror. A maldita professora de Redação I, que dava B para a maioria da sala, gamou nos meus textos. Entre amigos e sucesso, eu achava mais importante o lado profissional, e lá fui eu gabaritar e ganhar o ódio da turma de afegãos-comuns. Esses não fazem falta.

Depois de um tempo, conheci uma menina com um senso de humor cativante. Confesso que acho que ela começou a andar comigo porque morava longe dos centros de diversão e minha casa era um lugar para dormir no Bom Fim. Acabamos melhores amigas. Em um briga, vacilei e ofendi até o pobre do gato dela. Alemã e ariana -no signo, não no nazismo-, ela nunca mais me perdoou.

Há pouco, outra ariana alemã chegou à minha vida. Vinda do interior, ela parecia deslumbrada com a vida UNDERGROUND de Porto Alegre. Por um momento, ela amou tudo o que a capital lhe oferecia, inclusive a mim. Depois de alguns meses, começou a ver defeitos neste mundinho, e eu, sempre querendo ser mãe do mundo, a alertei sobre o que poderia acontecer.

Ela deveria estar preparada para canalhas, sexo casual, conhecidos que não cumprimentam, ficar com caras que já ficaram ou ficarão com suas melhores amigas etc. Chocada e ofendida, ela me deixou de lado; porém continua no circuito. Só entre nós: sozinha vai ser mais difícil lidar com esta vida. Já estive lá. Ouçam o que eu digo e façam o que eu fiz, se puderem administrar as conseqüências.

*L’Andreis achou um esmalte que dura horrores e não tem pra quem contar. Sem amigas, busca a fama e a fortuna todas as quintas aqui, para compensar. Colunista dedica o texto de hoje aos jovens que não tiveram a oportunidade de conhecer a novela “Vale Tudo”, este primor da teledramaturgia brasileira.

21 Comentários

Arquivado em L’Andreis, mulher (realmente) moderna, relaçã? sã?, sentimentos phinos

21 Respostas para “Para minha futura melhor amiga para sempre

  1. Citação a Maria de Fátima é o melhor momento da coluna. Assistam ao vídeo: pérola da televisão brasileira.

  2. Maria de Fátima só queria se dar bem.
    =)

  3. a maioria das minhas melhores amigas nasceu do sexo masculino tb.

    agora menina, sobre o esmalte, me interessei horrores! contaí.

  4. putz, eu detesto fazer unha e só uso esmalte escuro, quer dizer, qualquer lasquinha é um problema. Esse esmalte que dura é um achado. Divide a informação com a gente . Bjs

  5. Como te entiendo, L’Andreis!
    Conto nos dedos de uma mão minhas amigas muléres. Talvez porque eu não use esmalte…

  6. O esmalte (pasmem!) é da Avon, o preto. Fiz as unhas em SP em um salão desconhecido e comprovei.

    Então, gurias, mulheres são difíceis, não são? =)

    Bjs pra todos de todos os sexos

  7. Eu também, desde criança, cultivo um número muitíssimo maior de amigos homens que mulheres.
    Sabe por quê? É que as amigas que tive (e tenho) são seres humanos tão melhores, mais completos e complexos, que 1 amiga mulher me dá o mesmo benefício emocional que 3 ou 4 amigos homens.
    Acho que tenho sorte com mulheres, fazer o que?

  8. Convivo com as pessoas erradas.
    Minha mãe sempre me avisou =).

  9. vini

    eu já briguei com mta gente nessa vida. tem gente que monta em cima e eu não tenho sangue de barata, meeeeeeeeeeeeeeeeeesmo.
    a trilha pro sucesso pode ser solitária, mas vai com fé que vc ainda conhece gente para compartilhar e ficar feliz contigo e não para competir sem fim.

  10. Obrigada, Vini.
    É bem isso, tem pessoas que não sabem que não há uma corrida para ganhar.
    Bjs!

  11. Di

    Querida, tem uma frase de um famoso apaixonado que cai bem para o momento:

    “…Entenda que amigos vão e vem, mas nunca abra mão de uns poucos e bons…”

    Por isso, mesmo que eles não usem esmalte, pode passar a informação, garanto que eles vão ouvir e ainda repassar para outras amigas.. hehehehe

    Adorei o texto!

    p.s.: meus melhores amigos, nasceram do sexo feminino! =P

  12. Di

    e que tal um post sobre os arianos???

    ficadica para todos do EBDP

  13. Já tive horrores de namorados e afins arianos. E ainda sou casada com um.
    =)

    Pra não mentir, tenho um amigo amigo amigo e uma amiga amiga. São as pessoas que eu posso ligar se ficar doente.
    =)

    bjs

  14. Rougée

    Adoro posts no estilo “me exponho para exemplificar”! Muito bom, L’andreis!

    Di: também acho que tem que ter um post sobre arianos!

  15. O Outro Lado

    “Admiro ela, mas é uma moça da educação física e do jiu-jitsu. Não poderei acompanhá-la ao show da Ivete (…)”

    Parei de ler para comentar. Trecho maior que toda a a literatura universal.

  16. O Outro Lado

    “Depois de um tempo, conheci uma menina com um senso de humor cativante. Confesso que acho que ela começou a andar comigo porque morava longe dos centros de diversão e minha casa era um lugar para dormir no Bom Fim. Acabamos melhores amigas. Em um briga, vacilei e ofendi até o pobre do gato dela. Alemã e ariana -no signo, não no nazismo-, ela nunca mais me perdoou.”

    Divertido mesmo é saber do que o autor está falando.

  17. Obrigada, O outro lado.

    É exatamente o que você pensou, sem sombra de dúvida. =)

  18. L’Andreis, sei que tivemos nossas diferenças, mas os números mudam e os resultados também. Estou adorando o blog.

    BTW, AMO Gossip Girl, poderia ser uma B da vida, mas não tenho o sangue frio e sou comovida demais para ser má. Já tentei, não deu certo.

    E se puder, me avisa do esmalte. Te conto de um superbrilho fantástico.

    Beijoca

  19. Cris, querida.
    Ainda bem que tivemos diferenças, pior se fossem semelhanças. Imagina brigar pelo mesmo bofe, minina? =)

    Que bom que tu lê o EBDP. Já Blair divide meu coração, às vezes quero enchê-la de palmadas, outras quero aplaudi-la.
    Beijocas!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s