I wanna rock and roll all night

se esmagando no alambrado goxtoso

se esmagando no alambrado goxtoso

Por Dany Darko*

Navegar é preciso. Ir a festivais de música também. Para mim, um bom
show substitui qualquer festa e é sempre sinônimo de alegrias e
felizes lembranças. Que bonito.

No Brasil, eu passava meses rezando pra Zeus mandar bandas para os
raros festivais. Acontecia que, no final, eu acabava não indo porque
ou o chefe não liberava para viajar até Rio São-Paulo ou o Moby
cancelava o show que eu estava tiritando para ir em Porto Alegre, onde
eu morava.

E aí que, aqui en France, eu me esbaldo, há exatos dois verões, em
festivais de música para nos quais eu vejo dezenas de shows em vários
dias.

Admito: tenho esse lado rocker adolescente mal resolvido e eu tento
curar meu vício comparecendo aos shows em massa. E adoro, viu? Não me
xinguem. Mas também confesso que eu sou uma rocker phina que está lá
porque gosta de música e não para dar montinho no meio da galera
baderneira com asa.

No final de semana passado, fui a um festival de música em uma
cidadezinha da Bretanha e foi ótimo. Assisti aos shows do Bloc Party,
Ting Tings, Cold War Kids, Get Well Soon, I’m from Barcelona, Maximo
Park, Kooks, etc. Lindo, lindo. Eu até acho que o povo daqui é
civilizadinho durante os shows. Mas confesso que me irritei com certas
atitudes e as memorizei para dividir essas faltas de phinesse do mundo
indie ANDERGROUNDI aqui com vocês.

Primeiro: criaturas antes da puberdade deveriam ficar em casa vendo
Bob Esponja na televisão. Porque, mamães e papais do mundo, vocês
sabem o que acontece quando seus gremlins se molham, não? Eles se
multiplicam, ficam bêbados com Orangina Light, passam o show a se
atirar do palco, fazem ruídos tão agudos quanto assustadores (através
dos quais eles se comunicam, embora eu ainda duvide de alguma
capacidade de comunicação dos gremlins molhados que eu encontrei por
lá) e são todos tão ridiculinhos que dá vontade de chorar de pena.

NÚMIRO dois: se é pra ficar fazer foto da sua própria fuça durante o
show inteiro, porque não ficar em casa fotografando o espelho? E mais:
morte aos Intocáveis, aqueles que se metem a filmar o show em uma
camerinha de mèrde e se irritam se alguém encosta neles. Deusulivre
atrapalhar suas exímias filmagens da banda que aparece tamanho formiga,
modo desfocado, no vídeo.

Três: Tunda de laço nas PESSONHAS que ficam berrando no celular
durante o show: « Amigaaaaa, estou aqui na frente do palco, na
terceira fileira. Tu me vê? Espera, vou levantar o braço. E agora, tu
me vê? Estou usando uma camiseta preta. Não me viu ainda? Espera, vou
pular. Estou pulando, estou pulando. Aqui, aqui! Tu me vê? »

Quatro: se for pular, não o faça bem em cima do pé do seu companheiro
rocker, muito menos se estiver de salto agulha (suuuuuper apropriado
para um festival de rock, sabemos). Porque dói pra caralho o dedo de
quem você esmaga.

Cinco: Não fume durante o show. Não atire fumaça de tabaco na lata
das pessoas durante o show. Não pule com o cigarro durante o show. E
não queime as pessoas durante o show. Obrigada.

Seis: Use desodorante. Antes, durante e após o show.

Sete: Lembre daquela lição de Física dos dois corpos que não ocupam o
mesmo espaço. Não adianta esfregar, empurrar, nem com, nem sem
licença. Se não cabe, assiste ao show aí do teu lugar e te sossega.

Oito: É legal subir no ombro do namorado e ver tudo de camarote, não
é? Pergunta pra pessoa atrás de ti se ela também acha isso divertido.

Nove: Não entendo o sentido de pagar muitos euros pra ir num festival
e passar os shows inteiros sendo carregado no meião. E voltar pra casa
com o nariz ensanguentado que tu quebrou quando caiu de fuça no
paralelepípedo.

Dez: Não vomite ao meu lado.

* Dany Darko tem mais dois festivais de rock agendados para esse
verão, um ao lado do nosso querido editor em chefe, com quem, aliás,
também vai no show do Morrissey em duas semanas. Faz o mosh aqui nas quartas.

3 Comentários

Arquivado em correspondente internacional, Dany Darko, festas phinas, fica aí a dica

3 Respostas para “I wanna rock and roll all night

  1. Medo de não obedecer nenhuma dessas regras no show do Morrissey. Perderei a phinesse. Perdão.

  2. Di

    Festival de música?

    A-DO-RO!

    o/\o

    Quanta falta de phinessi nesses festivais do mundo a fora… mas aqui no Brasil não é diferente!
    Tem gente que deveria ficar em casa, né?

    Mas nem esquenta Dany, tu é phina e isso faz o mundo melhor!

    E pensa pelo lado de que no próximo festival terás a companhia phiníssima do Rafa…

    😉

    Beijos e boa semana!

  3. etiqueta para shows, mas uma pra cartilha do phino… ps: o melhor dos shows na Europa é que os preços para os padrões daí não são tão extorsivos quanto os daqui são para os padrões brasucas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s