O melhor remédio para a solidão

Muita meditação e jogging pelas ruas vazias

Muita meditação e jogging pelas ruas vazias

Por Dany Darko*

Agosto é o alto verão por aqui. Todo mundo viaja, vai para a praia, para a montanha e as cidades ficam vazias e/ou atrolhadas de turistas, como é o caso de Paris.

Não fui para Paris, preparo as malas para o Brasil e pensei que fosse viver uma semana de abandono sem petit-ami, que está num congresso nos EUA. Amigos e colegas mochilando por aí. Só sobrou eu e os marombados na academia, as crianças histéricas da piscina pública bem em baixo da minha janela… e claro, pra fechar com chave de ouro a minha semana de solidão e abandono, Maloisel, o vizinho mala bem em baixo do meu apartamento, não está de férias.

Pensei mesmo que fosse viver um desespero à la Vanilla Sky com as ruas vazias e a ausência das pessoas queridas. O calor intenso e a presença de indesejáveis só poderiam aumentar meu sofrimento. E, sim, amigos e monamur fazem uma falta tão grande que os dias parecem ter o triplo de horas que o normal.

Refleti: minhas opções estavam entre o suicídio e a meditação. E eu decidi mesmo que eu precisava de concentração para encarar esses dias de verão all alone no pé dos Alpes. Fiz um voto de silêncio para reforçar minha promessa. E fui conhecer a máscara nova da Givenchy nas Galeries Lafayette.

Essa mais de uma semana abandonada serviu para colocar os e-mails em dia, organizar minhas bagunças pelo apartamento, para passear pelas ruas da cidade, finalmente encontrar “Jane Eyre”, da Charlotté Brontë em uma livraria escondida e pequenina, me dar conta que eu não tenho nenhuma peça dos 80 looks básicos da Vogue (e sica gay pra isso), rever boa parte dos meus filmes preferidos, entre Bertoluccis, Gondrys, os Kaufmans, von Triers e Jeunets.

Fui ler Camus no parque e andar de bicicleta escutando Florence and the Machine (indicada pelo phino Vini, recomendo também), ver o pôr-do-sol nas montanhas sentada na janela e bebendo meu Muscat. Aproveitei para organizar as fotos das viagens e relembrar bons momentos. Dormir sem peso na consciência até o meio-dia e almoçar quase no final da noite.

Estava me sentindo uma pessoa muito mais sã, focada e saudável. Abdominais bem definidos e cabeça no lugar.Voto de silêncio mantido, uma paz muito grande no espírito. Compreensão e abdicação me ajudaram a chegar lá, amigos phinos. Eu tinha mudado, estava em conjunção com o universo e tentando controlar a dor das ausências, “sem culpa ou julgamento”, como sugere minha professora de yoga (que também me abandou, aquela vagaba!). Exercícios de resistência e respiração, controle mental e muito David Bowie.

Só que ontem uma parte dos amigos estava de volta à cidade e, um deles, de aniversário. E aí né, adivinhem, molharam o gremlin. Fiz via crucis de bares. Misturei cerveja de pêssego com kir de violeta. Discursei sobre o Kevin Bacon, sobre meu desprezo por pessoas que idolatram Paris e que não vem me visitar no pé dos Alpes. Acabei confessando que vi Marley e Eu, e pior, que eu me debulhei de chorar no final.

Mandei um amigo tomar no pi porque ele riu de mim. Prometi que eu ia sair pra dançar salsa com alguém (não lembro quem, não cumprirei). Ensinei para alguém que o melhor remédio para verrugas é a casca da banana (NAONDE isso?). E, acho (também não lembro direito) que imitei o cavalo bravo – performance básica para os dias de alegria desvairada. Voltei pra casa de madrugada, sozinha e correndo, com Samara Morgan de O Chamado me perseguindo pelas ruas.

Acordei abraçada com uma garrafa de água, Maloisel escutando rock francês 673 mil decibéis e as crianças da colônia de férias cantando na piscina. Meu figurino de ontem à noite espalhado pelas peças do apartamento. Sapateei no parquê pra dissipar minha raiva contra o vizinho e atirei dois ovos na piscina. Agora vou ali tomar Haagen-Dazs de tiramisu de café da manhã.

Definitivamente sou outra e várias, muitas outras pessoas. Everybody needs um pé na jaca. A phinesse disso tudo está no… reconhecimento. Não é?

FIM

* Dany Darko está de ressaca.

Anúncios

9 Comentários

Arquivado em correspondente internacional, Dany Darko, inspiração, lição de vida, sentimentos phinos

9 Respostas para “O melhor remédio para a solidão

  1. “molharam o gremlin”
    grata por mais essa expressão, que usarei pra sempre

  2. Caroline Andreis

    que nossa senhora da autodestruição nos mantenha guizmos.

    amém

    je te embrasse.

  3. Everton

    voce esqueceu que imitou Flipper, para nos mostrar como petit ami faz :-p.
    Como voce estava bebada eu repito: é mentira que eu nao gosto de David Bowie!!!! mas é verdade que eu achei um pouco decalée a musica dele no “The Boat That Rocked” ( ou em frances: “Good Morning England”)

  4. mas que maravilha de férias!

    como sugere a skol: o que vc vai contar para os seus netos?! hahahah

  5. Di

    Viva la vida!

    e isso ai Dany, como eu bem aprendi aqui neste blog, a gente acumula pontos de dignidade e depois perde todos eles na baladinha!

    hahahahaha

    tem coisa melhor???

    ADOROMUITOTUDOISSO

    Beijão moça

  6. bailabina

    sempre tive MUITO medo da Samara, mesmo. tu me fez lembrar disso rsrsrsrs

  7. bailabina

    eu vou usar molharam o gremlin certamente…

  8. Oi, nao nos conheçemos mas temos amigos em comun. Bina, a mae do Santi. Eu tambem mora na França, mas moro em uma cidade pequena e nao tenhos as vantagens que tu tens aos pés dos Alpes.
    Foi a Bina que me mandou o teu site, e posso dizer que ele levantou o meu moral. Anotei o livro, o nome da banda e decidi passear de bicicleta tambem. A solidao anda me fazendo mal. Obrigada! Se um dia quiseres passear pela Bretanha, é so falar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s