Os bons modos na acadimia

gordinha, mas limpinha, ok?

gordinha, mas limpinha, ok?

Lady Lu*

Tá. Ir à acadimia não é algo automático pra nenhum gordinho que se preze. E então tem todo aquele ritual de acordar cedo, vestir aquelas roupas apertadas, se olhar no espelho, respirar muito e muito fundo: vamos, tudo bem. Tudo ó-ti-mo.

E então a gente chega lá, e a coisa aperta porque tem o suor (e gordinho suando é meio nojento, magro suando é sexy), a gente não aguenta os exercícios até o final, a gente rouba no peso e na repetição da musculação. Mais: a gente odeia ir na reavaliação, pesar e ver que na-da mudou. Ou sim: pra pior. E você explica que é TPM, que são os músculos e tal e tenta se convencer. Pobres sofredores, céus.

Por isso que eu faço daquilo uma coisa engraçada. E li outro dia a capa do Equilíbrio e rolei de rir. Falava da boa convivência da acadimia. Repara:

– Não use perfume forte “o cheiro acaba se misturando ao da transpiração”, GOD.

– Não monopolize o espelho. E aí tem um depoimento ó-te-mo assim: “já vi gente sair no tapa por causa disso”. Ã-hã, eu pensei.

– Aí tem um item que fala sobre não monopolizar os aparelhos. Mas, sabe, fiquei pensando nessa coisa de revezar entre as séries e foi meio nojento. Imagina o sujeito levanta e tem aquele molhadinho de suor no banco – que diabos você vai fazer diante daquilo se o cara vai ficar ali do lado, esperando, pra completar as séries. Algo pra considerar. Algo pra considerar.

– “Insistir em conversar com quem não está a fim” é m-u-i-t-o bom. Depois tem as dicas. Uma delas é ficar de fone, mesmo sem ouvir nenhuma música. Que conselhão, hein hein?

– Uma seção inteira se dedica aos “pecados do vestiário”, meus prediletos. Lá estão três itens assim:

1. Circular pelado: “lembre-se que você não está no banheiro de casa. Não é todo mundo que se sente bem vendo a pessoa circular totalmente nua pra lá e pra cá”.

2. Demorar no chuveiro

3. Ocupar todo o banco com seus pertences.

E então descobri que sou egoísta no vestiário. Lá diz isso, que se você espalha seus pertences, você é egoísta. Batata. Eu espalho tudo. Tu-do. Porque, veja bem, sentar pelada ao lado de outra pelada des-co-nhe-ci-da? Eu prefiro ser egoísta. God.

*Lady Lu vai à acadimia toda semana porque precisa. Mas também se diverte horrores, dá licença.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em contribuição phina, fica aí a dica, malhação com PH, vergonha alheia, vergonha própria

2 Respostas para “Os bons modos na acadimia

  1. tati

    “1. Circular pelado: “lembre-se que você não está no banheiro de casa. Não é todo mundo que se sente bem vendo a pessoa circular totalmente nua pra lá e pra cá”.”

    coisa mais norte-americana.
    Em escolas de dança em NY mulheres se viram para a parede no vestiário feminino pra trocar sutiã. Na europa o vestiário é como o banheiro do velho garagem, unissex. [phina]

    O que me lembra, aliás, de uma amiga ex-atleta da noite que resolveu lembrar como era ir na festinha e resolveu conhecer o Beco.
    Ela se deu conta que o mundo tinha mudado quando um guri atrás dela na fila do banheiro não deixou ela entrar no masculino.
    Mas isso já faz muito tempo também. [phina]

  2. Momento descontrol pelada no vestiário: escuto uma voz masculina adentrando animadamente ao recinto. À mão, só tinha a tolinha de usar na aula, tamanho de uma folha ofício. Decido rápido e tapo a parte de baixo.
    Era uma colega mulher que está tomando esteróide….
    O Equilíbrio podia incluir essa dica valiosa:
    – disfarce o choque quando ouvir a voz de traveco de colegas que tomam bomba

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s