Querido Rafa: borboleteei

OMG: melhor elas por dentro, do que tatuadas por fora

OMG: melhor elas por dentro, do que tatuadas por fora

*Por L’Andreis

Me perdi no timing ontem procurando parar meu problema de estômago. Eram borboletas. Há uns três meses elas apareceram e, neste tempo todo, já mudaram de espécie umas três vezes. As atuais hóspedes só ficam quietas quando são alimentadas com sinais de carinho vindos de fora. Suspeito até que não precisa ser uma grande demonstração de afeto, pode ser apenas uma resposta mais fria, mas que denote atenção.

Apenas agora, 13h34 pelo horário de Brasília, as esfomeadas ficaram tranquilas e prometeram não incomodar mais pelo dia de hoje. Mas, se eu beber de noite escutando P.J. Harvey sozinha, elas voltam a atucanar, e eu acabo perdendo horas só para deixá-las quietas.

Por isso, querido editor, não consegui me concentrar para escrever minha coluna phina de hoje. Sei que conheces bem o problema. Leitores, minhas mais sinceras desculpas. Na última vez que tentei exterminá-las com inseticida, quase perdi o estômago junto, logo, tive que ceder aos caprichos dessas pra poder estar aqui na semana que vem.

andreis_avatar *L’Andreis já passou da época de achar que ter borboletas no estômago é mágico e queria mesmo ser um robô. Quinta que vem ela está de volta, mesmo que tenha que comer rãs para acabar com as invasoras.

Deixe um comentário

Arquivado em L’Andreis, recadinho

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s