O exterminador de pulgas

pense bem antes de colocar um cãozinho fofo no seu apartamento

pense bem antes de colocar um cãozinho fofo no seu apartamento

Por Rafa*

Odeio animais de estimação. Repito: odeio! Bom, mas o que odeio mais ainda é a relação dos bichos com os seus donos e toda aquela conversalhada de débil mental com os cães. Total OUTPHINESSE. Acho um porre. Os cachorrinhos fofinhos e chatos são os que mais me dão nos nervos. Tenho mil razões pra isso, outra hora explico pra vocês. Mas a minha vontade de exterminar os animais de apartamento aumentou há cerca de um mês, quando me mudei.

E descobri que o meu novo lar estava infestado de PULGAS!!!

O problema todo começou com uma coceira que não parava mais. Até que, em uma bela noite, quando eu descansava de um dia de trabalho intenso sobre os meus lençóis de algodão egípcio, descobri elas lá, pulando.

Pânico total!

Desatei a catar pulgas pela casa, matando uma por uma. Minha roommate ficou apavorada com a minha obsessão contra os malditos insetos. E a minha cara do mau. Tinha visto os bichinhos por volta de 22h. Quando percebi, já eram 4h da madrugada, e eu seguia lá, exterminando uma por uma.

Joguei uma praga mortal pra família margarina que morava no nosso apê antes da gente. Eu bem que desconfiei que aquele bebezinho chorão e aquele cachorro não representavam coisa boa no dia de nossa visita ao local. A certeza do pior veio quando liberaram o apartamento pra gente, com uma sujeira absurda. Ainda bem que Bete, nossa faxineira MA-RA-VI-LHO-SA, existe.

No outro dia, acordei cedo e fui numa pet shop. Lá, comprei uma remédio. Um potinho com um líquido que o cara disse que seria suficiente. Ele me explicou como funcionava: tinha que tirar o bicho da área e passar o remédio onde ele ficava.

Vontade era de passar o remédio e colocar a família margarina inteira no quartinho pulguento trancada pra ver se eles aprendiam alguma lição. Após planejar coisas horríveis como essa contra aquele povinho uó, me recompus e bezuntei a casa inteira com aquilo, crente que daria certo.



Mais calmo, deitei na cama (com os lençóis devidamente trocados) e comecei a refletir sobre a vida. E me veio um insight: paixão é como uma infestação de pulgas.

Ou seja, uma grande merda (confira desenho sensacional e reflexão de SextaSessão sobre o tema aqui).

Me explico melhor. Uma pulga isolada não é nenhum problema. Na realidade, ela é reflexo de algo maior. É como as paixões que não dão certo. Uma ignorada básica no final de semana ou um “não-telefonema” no dia seguinte, por exemplo, podem ser comparados com insetinhos. Não adianta só dar um jeito em questões minúsculas e superficiais como essas. Não quer dizer nada e não resolve. O mal é bem maior, e vocês, que são inteligentes, me entendem, não phinos amados?

Depois de passar o remédio, fiquei mais aliviado. Só que dias depois, assim como os sintomas das paixões, a coceirinha voltou a me rondar. E, vez ou outra, eu via pontinhos pretos pulando pela casa. Voltei à pet shop e pedi a coisa mais forte que tinha lá contra pulgas. Comprei quatros saquinhos de um pó branco.

Me senti a própria bruxa fazendo maldade contra alguém, mas estava decidido que aquilo tinha que acabar. Entreguei o produto nas mãos de Bete e rezei muito, com todas as minhas forças, para que aquilo desse certo e elas nunca mais incomodassem.

Aparentemente, o problema estava acabado. Meu final de semana foi ótimo, com a casa limpa e cheia de felicidade. Nosso lar, a cada dia, fica mais especial e aconchegante.

Mas não é que hoje de manhã vi uns pontinhos pretos saltando no azulejo da cozinha. Liguei na detetização e pedi os serviços de urgência, com tudo o que tenho direito e mereço. Deixei bem claro para a atendente: o produto MAIS forte, pelamor. Amanhã, começo uma nova vida. Sem pulgas, sem coceiras e pronto para uma nova paixão. De preferência, sem efeitos colaterais danosos.

rafa_avatar*Rafa aplica Baygon, da Bayer, aqui, todas às segundas. No outros dias, apela para o Mat Inset, em doses cavalares.

Anúncios

19 Comentários

Arquivado em decisão com PH, em defesa do phino animal, lar phino lar, Rafa, sentimentos phinos

19 Respostas para “O exterminador de pulgas

  1. Os antigos moradores eram podres.
    Já viu se a graxeira da cozinha está entupida? Recomendo.
    Muita dó de ti.

  2. A cara de carniceiro matando as pulgas é impagável! Post divino, reflete perfeitamente o que vivemos! E que venha a detetização 🙂

  3. Di

    hahahahahahahahahahahahaha!

    ADOREI!

    Confeso que senti coçeiras por todo o corpo agora!

    =P

    Esse nosso psicológico!!!

    Mas é isso ai Rafa, coloca pra fora essas pulgas e os amores imprestáveis…

    😉

    Bom início de semanaaaa!

  4. Di

    p.s.: é por essas e outras que não tenho bixinhos lindos e phophos no meu apartamente…

    mas NADA contra eles!

  5. vivi

    “Odeio animais de estimação.”
    morre um leitor

    “Repito: odeio!”
    morrem dois.

    • Lauren Silva

      Amo meus bichos que são adotados em associações.Basta que sejam bem cuidados!!
      Os meus ficam dentro de casa e me acompanham na casa de todos, como se fossem meus filhos.
      O que me ajudou a conviver bem com eles foi o curso de adestramento pela internet adestramento@profollow.com ou guilhermino@adestramentodecaes.com

      Usem mas lembrem: Amigos não se compram se adotam.
      Beijos

    • Edna Guidini

      Não gostar de cães, gatos ou quais quer outros animais é um direito legítimo de cada um, porém maltratar os animais é com certeza falha de caráter. Por outro lado, o excesso de apego aos animais de estimação, ao meu ver, são pessoas carentes e que tentam fugir a realidade. Há pessoas que tem dificuldade em manifestar carinho a outro ser humano, então ela demonstra aos seus animais de estimação pela dificuldade de relação social com outra pessoa. Então, nem tanto o céu, nem tanto a terra, vamos gostar na medida certa. E qual é a medida certa. É tratar bem o animal, respeitá-lo e aceitar suas limitações, mas não deixar de ter uma vida social e vivermos de bem com a humanidade respeitando-os cada um conforme suas crenças e opiniões. Tenho 9 cães e 11 gatos no momento, já tive mais… mas sei respeitar quem não gosta.

      Abraço fraterno,

      Edna Guidini

  6. filipe

    eu odeio animais de estimação DENTRO DE CASA.

    odeio chegar na casa dos outros e disputar espaço no sofá com um bicho ou com o mesmo insistindo em lamber a minha cara.

    tenho 3 cachorros (teria mais, porém o dinheiro não deixa) e nunca colocaram a pata dentro da minha casa.

  7. ai Rafa, cães são tão phophos! assumo aqui a falta de phinesse e confesso que quero um marley, grande, lindo e lambão. mas só qdo eu tiver um mega jardim, com todo o espaço que nós 2 tivermos direito.
    bju

  8. Leo

    amado, vem te coçar em poa que tô com saudades!

  9. TODOS SOMOS PULLLGGAASSS!
    HAHAHAHAHA

  10. Caroline Andreis

    Bjork, a cã, manda dizer que pulga é coisa de cachorro pobre e que ela, artista multimídia e premiada, até lê o EBDP quando está entendiada. =)
    =*

  11. Lauren Silva

    Amo os cães!!!!!!!!!!
    Tenho uma que é minha filha preferida!!!!!!!!!!

  12. fabi

    quem não gosta de animais…coisa boa não e!!

  13. Protetora

    QUE COMENTÁRIO INFELIZ QUE ODEIA ANIMAL DE ESTIMAÇÃO..GUARDE PRA VC ESSE ABSURDO. VC NÃO SABE O QUE É TER UM AMOR DE VERDADE DE UM CÃO. ADOTE UM PRA VC APRENDER O QUE É SER AMADO. PORQUE PELO JEITO VC É UM INFELIZ. AFFFFFFFFF…

  14. Edna Guidini

    Nossaaa, achei engraçado tua neura com pulgas… Aqui em minha casa na chácara, não adianta usar nada. Elas estão por toda parte, vem da terra, brota do nada. Tenho 09 cães e 11 gatos. Vivo para eles e por eles. Passo remédio para controle no ambiente o TalfonTop da Indubras Indústria Veterinária e aplico nos cães Front Line e no gatos a mesmas coisas, só que especifico para eles. Não pode aplicar os mesmos medicamentos dos cães em gatos. Mas meu amigo, pulga está por toda a Terra, trazemos para dentro da nossa casa mesmo sem perceber. Agora quanto a família que morava antes de você no apartamento, posso dizer que foi falta de higiene mesmo. Os animais não tem culpa. Culpado são mesmo as pessoas com falta de informação e boa vontade de manter a casa limpa.
    Abraço,
    Edna Guidini

  15. jose antonio do nascimento [GONZAGA]

    bom dia gostaria de compra veneno para acabar com praga de puga

  16. mcajuru

    ……vc é viadinho não é. ……??????

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s