As putas se divertem mais

Por L’Andreis*

É culpa de Hollywood. E até do machismo. Isso, a mídia e o sistema. Mais ainda, quero culpar a evolução. Os gurus da tendência já disseram: quando a crise passar e todos estiverem calmos e felizes, sem a necessidade louca de reproduzir e continuar a vida na terra, as mulheres vão parar de usar vestidos e se arrumar tanto (imagino o HORROR, o HORROR da galere descabelada e vestida de moletom, mas ok). Será o fim das divas, os fins das rebolantes gostosas em videoclipes, o fim das quais o pessoal do Texas e de Morro Reuter chama de putas.

Como uma querida amiga e madrinha já disse (a mesma que criou o codinome L´Andreis), sempre gostei de entrar nas festas como se estivesse descobrindo um cabaré clandestino da década de 40. E talvez esta tenha sido sempre a questão: moças direitas nem sabiam da existência de cabarés na década de 40. E eu não conseguiria viver sabendo que há cabarés no mundo os quais eu desconheço ou não posso ir por reputação (re – putação: de se pensar).

Se foram as cantoras desses antros (como Coco Chanel e Piaf) que fizeram algo pela independência feminina nesse mundo, não há como não venerar todas as mulheres que ousam freqüentá-los, a trabalho ou diversão. Eram elas que acompanhavam os gângsteres, os investigadores e até os super-heróis (que mulher direita ousa usar aquelas roupas das moças dos quadrinhos??). Elas flertam com o perigo, andam em carros velozes, participam de perseguições, sabem onde estão as drogas e o que é o mcguffin, enquanto suas antagonistas estão em casa assistindo à novela e, quando muito saidinhas, se masturbando com o Zé Mayer.

Vem o superego aqui me dizer que elas acabam sofrendo por não ter amor e batem cabeça no instinto do matrimônio. Instinto por instinto, elas seguem um bem mais interessante. E sempre haverá Al Capones, Kurt Cobains, Jay Zs, Ryan Renolds e tantos quantos da vida real que não vou citar para vocês não flertarem com os namorados das minhas amigas, que agüentam o tranco de ver sua mulher entrar na festa de longo decotado, meia arrastão ou seja lá o que sua imaginação rotula como roupa de diva, sem sentir-se menos homem por isso.

Uma vez, em uma festa, conheci uma sem saber que era. Profissional mesmo. Ficamos BFF em trinta palavras. Momentos depois, meu par avisa: é caso de fulano, mas é puta. Sorri amarelo na hora, pela ingenuidade. Hoje, sacaria na hora, a abraçaria e aplaudiria por dentro a moça que, dizem, tem vida fácil. Nunca entendi se dizem isso por elas não passarem, não cozinharem, não lavarem ou porque transam horrores. A última opção tem a premissa que o pessoal de Morro Reuter assume que sexo é bom. Fica a dúvida. Só tenho certeza que, pelo meu conceito de diversão, elas se divertem mais que as mocinhas sentadas na frente da TV vendo Lost com o noivo.

*L’Andreis não se decidiu ainda entre a faca e a espada, mas, ficando firme, estamos aí. Enquanto isso, ela expõe prós e contras toda a quinta aqui e sempre no twitter @carolandreis.

Anúncios

9 Comentários

Arquivado em inspiração, L’Andreis, mulher (realmente) moderna

9 Respostas para “As putas se divertem mais

  1. Oitavo semestre de faculdade, revista a produzir, sugestão de tema de L’Andreis: sexo. Sugestão de pauta de l’Andreis: frequentar um puteiro por uma noite.
    Até hoje lamento o sucesso que seria a nossa produção se ela não tivesse sido trocada por… pois é, nem lembro o tema (!).
    Ai, ai, esses comunistas definitivamente não sabem se divertir!

    • Caroline Andreis

      É legal que mesmo não acontecendo, é umas das lendas verídicas que me perseguem que mais me orgulho.
      O tema era “como ficaram as coisas X anos depois”. Eu e Rafa descobrimos a primeira boate gay de POA.

      saudades de vocês dois. bjs

  2. lúcia carolina

    Noivo parece nome daquelas matérias químicas que no passado acreditavam fazer o bem e hoje descrobriu-se que é cancerígeno.

    Noivo é um crime que uma mulher comete contra um homem, para matá-lo enquanto homem, indivíduo e ser humano e sentir poder e capricho satisfeito. E o homem aceita porque estava confuso, com medo, saudades da mãe, com preguiça ou sem tempo para questionamentos agora que comprou um video game novo.

    .

    Para mim, a coisa mais linda que existe é o ser humano do sexo masculino e eu nunca desconsideraria, na minha atitude, qualquer forma da sua presença (e toda uma forma quando a presença é desejada e consentida por eu e o homem, indeed).

    Sou obsequiosa e cuido a hora de ser moletom, mulher ou modelo, ou ainda toda uma multiplicidade de atenção, verbos e trajes. As putas fazem assim, também, mas elas só fazem porque são só putas, de profissão.

    Então elas olham para o homem porque precisam do dinheiro, porque têm um filho, uma casa que deixou, outra que tenta construir, saúde, alimentação, desejo de consumo, lazer, porque precisam de um ofício de vida, porque não tiveram outra idéia e chamaram o trabalho de puta de destino. Eu faço pelo gesto e pelo homem, o tempo presente pertencendo a mim e oferecido à ele.

    Decerto que em Morro Reuter outras mulheres são putas porque são mulheres e porque há o homem, como eu, senão a cidade já estaria em guerra civíl e estado de calamidade de depressão pública.

    • Caroline Andreis

      ” E o homem aceita porque estava confuso, com medo, saudades da mãe, com preguiça ou sem tempo para questionamentos agora que comprou um video game novo. ”

      Frase da semana.

      Obrigada, madrinha.

  3. Nameless One

    Pra mim a frase da semana é “quando muito saidinhas, se masturbando com o Zé Mayer.” Hahahahahaha!!

    E qual o problema de ver Lost com o noivo??

  4. a imagem de alguém se masturbando pensando no Zé Mayer me dá arrepios de medo. credo!

    prefiro ver prison break com o namorado…hummm, bem mais delícia…

  5. Di

    Oieee,

    Temos que marcar algo!
    Não conseguimos nos ver no outro findi…
    ><

    ótimo post!

    Beijão e boa semana

  6. emi

    lucia carolina no auge da luz

    devia ser proibido um comentario roubar um pouco do relampago do proprio post!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s