A phinesse de Woody Allen

Por Rafa*

Estou cansado. Semana difícil, muito trabalho, poucas alegrias. Mas sempre há uma esperança quando se vive em uma cidade como São Paulo. Na quarta, começou uma mostra com todos os 40 filmes do Woody Allen. Ontem, vi o último filme dele, “Tudo Pode Dar Certo, que, desculpem phinos, só estreia no ano que vem. Não preciso nem dizer que tudo mudou após a sessão.

E pra manter essa felicidade, vou correndo pro CCBB rever os clássicos do cara -confere a programação aqui. “Poxa, Rafa, mas eu moro em Salvador, aqui não tem essa mostra”, reclama a gatinha. Vem pra Sampa! Cidade tá vazia. Precisa de uma desculpa? Te dou: ver no telão filmes que tu já viu na televisão ou no DVD de um cara que sempre defendeu a sala de cinema como refúgio perfeito para as tristezas do mundo. Fui a favor. Te vejo no CCBB!

*Rafa acha que suportar o mundo fica bem mais fácil com os filmes do Woody Allen, exemplo claro e óbvio de phinesse.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em fica aí a dica, no telão phino, Rafa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s