Nove lições para derreter com phinesse

Vivi*

Essa semana eu estava deitada esperando o sono chegar, com o ar-condicionado ligado em 20ºC, enrolada no edredom e ouvindo Beck interpretar Cohen. E aí tocou uma das músicas do álbum com a Binki Shapiro (também conhecida como namorada do Fabricio Moretti, por sua vez conhecido como o brasileiro dos Strokes).

Foi então que me veio a lembrança do show do Little Joy, banda que ela toca, ano passado em Porto Alegre. Pra quem não sabe, a Binki paga muito de gatinha indie. Mas era fevereiro, e aquele dia estava especialmente quente. E o lugar em que o show acontecia estava lotado. A Binki suava muito. O cabelo dela suava, a camiseta do Mickey dela tava suada, a maquiagem tava toda escorrida. Ela parecia uma loira de Roca Sales, meio matrona, meio branquela, não a mina que pega o Fabricio Moretti.

Disso, eu tiro a primeira conclusão: ninguém consegue ser phino depois dos 30ºC. Coloca qualquer Sophia Loren da vida pra andar na Paulista ou na Andradas ao meio-dia em janeiro pra ver se ela não estará limpando o suor com o antebraço e fazendo cara de nojinho no segundo quarteirão. A notícia ruim foi dada, mas a boa é que nem tudo esta perdido.

Se a chapinha não dura nada, se a maquiagem escorre, se a blusa fica logo suada e você ainda por cima não mora no Rio de Janeiro, bora apelar pro básico enquanto março não chega. Acompanhe, em nove lições.

1. A regra primordial é: durma todas as oito horas, beba muita água. Se não tem como mudar o calor insuportável, pelo menos a sensação de desconforto e a cara de exaustão ficam amenizadas com essas duas regras. Beba mesmo quando não estiver com sede e durma mais de oito horas quando puder. Para arrematar, aposte nos óculos escuros que dão charme e ainda protegem.

2. Protetor solar. 50 no rosto, 30 no corpo, todos os dias, seja frio ou quente, com sol ou nublado. E não me venha com Sundown, pelamor. Qualquer farmácia oferece opções menos oleosas e com menos cheiro por preços razoáveis. Mesmo o protetor da Panvel** é uma ótima dica. Podem reduzir o fator de proteção se a pele for mais escura, mas não muito.

3. Alimentação. Todos sabem que é quase irresistível ficar no ar-condicionado, mas evitem sempre que possível pedir tele-entrega e ir a shopping centers. Comida de shopping é ruim, tele-entrega, geralmente, pior e ninguém quer se embarangar, ainda mais nessa época do ano. Vale sempre mais aquele bistrozinho honesto, como diria o Rafa, com janelões bem abertos, ou mesmo ao ar livre (na sombra, claro). Em Porto Alegre, a dica é sempre o Ocidente e Margs. Evitem o Mercado Público.

4. Maquiagem. Esqueça os conceitos de pó e base pelo menos até o fim de fevereiro. Lápis e rímel, então, nem pensar. A gente já sabe que vai borrar, vai ficar feio, vai aumentar a aparência de cansaço e, claro, só vai detonar com a pele.

5. Vestidos. Mulheres, esqueçam a calça jeans em janeiro. A grande pedida são os vestidos curtos ou longos e saias, muitas saias, tudo em cores neutras e preferencialmente claras. É fresquinho, é confortável, é charmoso. Evite usar tecidos floridos e sintéticos, porque vestido por si só já chama a atenção o suficiente e ninguém aqui quer aparecer com um visual Vera Fischer, correto?

6. Casaco. (como assim?). Sim, casaco, aqui para mulheres. Considerando que você quer proteger sua pele, está usando uma blusa de alça e só quer ir pro sol entre o trabalho e o restaurante ou o trabalho e o carro/táxi/lotação mais próximos até chegar em casa ou outro lugar com ar-condicionado, vista um casaco leve e preferencialmente claro. Encha o rosto, pescoço e mãos de protetor solar, coloque os óculos escuros, beba dois copos d’água e saia fazendo carão. Minha experiência diz que vestido + casaco é menos quente e protege mais que calça jeans + blusa. O casaco obviamente não vale para os dias absurdamente quentes.

7. Homens. Duas palavras pra vocês: Camiseta Branca. Homens de camiseta branca ficam muito bonitos, por mais que insistam em usar a preta. Bermudas estão liberadas só fora do trabalho, desde que sigam a regra de evitar tecidos sintéticos e coloridos (medo de pensar nessa combinação). Evitem bermudas jeans porque sempre dão aquele aspecto de calça cortada.

8. Esporte. Não me inventem de ir correr no Parcão às duas da tarde, pelamor. Nunca se esqueçam que, quanto menos exposição ao sol, melhor. Opte por correr quando escurece ou ir pra piscina (de casa, do clube, depende do seu grau de phinesse). Na pior das hipóteses, você vai se refrescar e queimar calorias. Na melhor, vai ler um livro deitado no deck, socializar ou beber Clericot com morangos.

E por fim, mas não menos importante:

9. Internet. Não twitte, não poste, não comente nem reclame do calor. As palavras Forno e Alegre juntas nunca tiveram graça e falar do tempo só aumenta o mau-humor alheio. (mas vivi, eu vi um filme do Bergman que tinha uma personagem que tirava o casaco e reclamava do calor, é uma associação genial com o verão brasileiro, eu pre-ci-so twittar!) Em primeiro lugar, Bergman era sueco, phino e nunca daria uma fala nem parecida com essa num filme. Nem o Jean Rouch, que adorava um candomblé, reclamaria do calor. Na melhor das hipóteses, tu tá confundindo com o Glauber Rocha. Melhor evitar.

**Farmácia gaúcha, da terra da colunista convidada de hoje.

*Vivi derrete por aqui sempre que achar necessário.

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em contribuição phina, fica aí a dica, teoria da dignidade

7 Respostas para “Nove lições para derreter com phinesse

  1. Dorei o texto.
    Verdades que só EBDP traz pra vc.

  2. Comentário 1:

    Binki é a melhor coisa do Little Joy. O Fabricio Moretti é tão 2007, sorry.

    Comentário 2:
    Sobre maquiagem, diz que tem umas que não escorrem. Meninas, ajudem com dicas.

    Comentário 3:
    Homens, muita calma nessa hora qd inventarem de usar branco. Uma que não tem nada mais brega que white party, e outra, evite a cor se as murcilhas estiverem bombando. Meus olhos agradecem.

    Sem mais.

  3. Bruno

    Bistrô do Margs serve pra pegar uma brisa protegido do sol, não pra comer.
    E me recuso a usar camiseta branca, em respeito à visão de pessoas com senso estético ou fotofóbicas.

    fora isso, excelente 😉

  4. Inverno = botas de salto + casaco longo e acinturado + cachecois lindos + vinho tinto
    Verão = bronzeado + minissaia

    Apesar de ter menos itens de felicidade, na minha conta, o verão está ganhando.
    Bora reforçar o rexona e ser feliz suada!

  5. Pingback: Tweets that mention Nove lições para derreter com phinesse | Em busca do phino -- Topsy.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s