Como incendiar entre quatro paredes (guia prático de como apimentar a relação, edição esgotada nas livrarias)

Por Felipe Valer*

A leitura deve ser acompanha da trilha musical abaixo

Jamais vão conseguir escrever um “manual” que explique como colocar fogo em uma relação. Isso é papo de romancista metido a explorador, pois quem gosta de ver o circo pegar fogo sabe que a primeira atitude é jogar bem longe todos os extintores de incêndio.

Campanha nacional: abaixo aos extintores nos motéis.

Não pensem que sou o machista da vez ou que meus pensamentos sejam inescrupulosos, mas o “G” da questão é: um casal no quarto é terra de ninguém. Vale tudo!

É estranho que em pleno 2010, com esclarecimentos sexuais constantes, ainda existam pessoas (ambos os sexos) que se comportam dentro de um quarto como se estivessem meditando. Aaauuummm…

Na boa, aproveita o momento e manda o parceiro (a) calar a boca e se puxar na maionese. De uma maneira coloquial: vem cá porra e me joga na parede! Cuidado pra não bater a cabeça e acabar vendo estrelinhas no hospital. Sempre tem um exagerado que confunde sensualidade com violência. Claro que um tapinha bem dado ajuda! Mesmo que ninguém admita, VOCÊ sabe que se ainda não levou um, seu dia vai chegar!

Durante a semana escutei algumas pessoas reclamarem dos seus relacionamentos, mas em todas as histórias consegui encontrar no útero do Street Fighter amoroso o embrião do caos: INCOMPATIBILIDADE SEXUAL!

Isso é um mega problema, pois, além de todos os elementos que fazem uma relação ser “quente”, se a cama não costuma pegar fogo, é um problema sério a ser resolvido.

Dica para os casais, amantes, amizades coloridas e similares que estão com algum tipo de problema: TIREM A COLEIRA DA HIPOCRISIA DOS BONS COSTUMES! Crescemos escutando sobre a contenção dos instintos e outras bobagens mais, mas é exatamente o contrário que libertará o corpo.

Não estou estimulando traições, promiscuidade e seja lá o que você estiver pensando nessa sua cabecinha do capeta. Instinto! É exatamente isso que nos torna a única raça (na maioria das vezes irracional) que entende o verdadeiro valor do momento A2!

Da próxima vez que você encontrar o seu affair, lembre-se: sempre haverá um chinelo velho para um pé torto. Aproveita e tranca a porta do quarto e apaga a luz, mas deixa aquele abajur do canto ligado (só pra dar um climinha do vejo não vejo). Depois, liga o som no volume máximo e coloca a música que sugeri: “Baby did a bad bad thing”.

Vai que é tua Taffarel!

*Felipe Valer sabe que para incendiar um quarto não é preciso gasolina. Sem pudor aqui, hoje; nos outros dias, no twitter @felipevaler.

3 Comentários

Arquivado em contribuição phina, fica aí a dica, lição de vida

3 Respostas para “Como incendiar entre quatro paredes (guia prático de como apimentar a relação, edição esgotada nas livrarias)

  1. abaixo a hipocrisia em todos os níveis, não só no sexo. o que mais me apavora são os homens (os gays incluídos) que ainda dividem elas/eles nos pra casar e nos pra trepar.

    e dá-lhe traição!

  2. lúcia carolina

    aham, abaixo esses aí, e sinto muito porque assim que eles chegarem abaixo, sobraremos três, quatro + vários que não entenderam nada, com cara de louco e ficha na ‘poliça’, e + o insuficiente para lotar uma rua de cidade média.

    foi a Igreja Católica, foi o puritanismo e seus colegas de falta de jeito quem criou a escrotidão, o desprazer, a maioria dos motivos para divórcios, desentendimentos, violência e até o estupro. e eles envolveram a maioria, gente que prefere morrer a viver e pensar por si.

    agora, Rafa esta certo, eles sempre são traídos, é batata, hahahaha, que prazer rir, as Igrejas e que tais matam e a Ironia ressuscita !

  3. vini

    muito muito bom.
    a trilha em especial merece um aplauso em particular.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s