Penso, logo incomodo (uma homenagem phina [?] às mulheres)

Por Felipe Valer*

Pensamento da semana:

“Imaginação fértil é quando você sonha que está transando e acorda grávida.”

Segunda não foi o dia que o mundo mudou, mas durante 24 horas as mulheres tiveram seu momento de atenção. Acho hipócrita isso tudo, pois criar uma data para “valorizá-las” não me parece um grande tributo para o que elas representam na história da humanidade. Como diz a minha amiga Lu: Isso tudo é tão piegas!

Decidi, durante a semana, que a coluna deveria homenagear o sexo “xx”. Primeira parte da homenagem: “Love songs”.

Imaginem o boa pinta que vocês viram comprando sabão em pó no supermercado. Ele resolve declarar-se em um encontro romântico na beira da praia (todo mundo cheio de areia até no lalalala)… e ele começa a cantar:

Acorda que isso é um sonho!

Voltando à realidade, decidi escrever a minha dedicatória para todas as mulheres: passado, presente e futuro? Vai saber o dia de amanhã.

Pesquisando em minha biblioteca cerebral e colocando em conflito meus dois neurônios, encontrei uma boa música. Detalhe: fiz minha versão da letra! É isso mesmo meninas, resolvi escrever uma música “mela cueca”.

Vou ficando por aqui, essa semana estou atarefado e virado em um Bombril (1001 utilidades, mas não pode me usar pra lavar o vaso sanitário). Tentem entrar no ritmo da música (I just can’t help believing – Elvis) e acompanhar
“Para amar basta apenas tentar”.

Obs: imaginem que é o cara que vocês estão esperando a ligação faz duas semanas e ele resolve usar o cérebro de uma maneira adequada.

De todos os amores que já tive
Muitos me fizeram pensar
Outros mostraram como se vive
Mas apenas um não consigo apagar

Talvez eu procure por ela
Nosso amor não pode acabar
Eu sei que é demais, é ela
Para amar basta apenas tentar

Para amar, basta apenas sonhar
Para amar, basta apenas imaginar
Para amar, basta apenas beijar

Meu amor será sempre seu
É a minha vontade
A lembrança o destino me deu
Para viver, resta a saudade

Tudo o que prometi, era verdade
Ao seu lado era um sonho
Seu beijo mostrou a eternidade
As estrelas brilhavam, era um sonho

*Felipe Valer é um aspirante a músico (não reconhecido) nas horas vagas e resolveu prestar uma singela homenagem aqui, hoje; nos outros dias, no twitter @felipevaler.

1 comentário

Arquivado em contribuição phina, fica aí a dica, inspiração, lição de vida

Uma resposta para “Penso, logo incomodo (uma homenagem phina [?] às mulheres)

  1. quando o brega é phino…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s