De volta

* Por L´Andreis

Voltar de viagem é triste. Sei que tem gente que viaja só pra voltar, pra valorizar o conforto de casa e do conhecido e, claro, pra mostrar as fotos pra todo mundo. Não faço parte desse grupo. Tenho banzo da visita.

A Europa, mesmo em crise, nos permite andar com a mochila nas costas sem nos preocuparmos se alguém vai roubar, nos deixa caminhar de noite e até de madrugada por ruas vazias sem paranóia e nos oferece a melhor comida do mundo por quaisquer 10 euros, como aconteceu conosco em Algeciras, cidade que foi nossa passagem para o Marrocos, de onde pegamos uma balsa até Tangêr.

Ao chegarmos na cidadezinha portuária eram 10 horas da noite e as ruas estavam vazias. Tínhamos que caminhar da rodoviária até o hotel e nos perdemos. Alguns bares estavam abertos e dentro havia apenas marinheiros maus da turma do Brutus do Popeye. Só ficamos calmos quando chegamos ao hotel, mas daí faltava comida. Pensei em ficar na água, mas meu namorado insistiu pela janta. Percorremos ruelas pontuadas de tipos com cara marroquina e jaqueta de couro preta até chegar à simpática praça principal da cidade. Foi aí que nos acalmamos: os mesmos caras de jaqueta preta estavam ali, com seus notebooks ligados e abertos no meio da praça. Não era, definitivamente, um lugar perigoso.

Talvez por estarmos mais seguros, foi aí que vimos uma taberna, cheia de secretárias e funcionários públicos, que servia tapas e bebida. Pedimos direto uma porção de jamón ibérico e vinho. Foram os 10 euros mais felizes da viagem. A adrenalina baixou e aproveitamos aquele jamón como o melhor de nossas vidas, e, naquele ponto da viagem, era mesmo.

Daí eu chego aqui e vou no Zaffari e o melhor que me oferecem é uma copa da Perdigão.

*L´Andreis é brasileira e não desiste nunca (de sair daqui). Escreve aqui todas as quintas, esteja onde estiver, e sempre no twitter @carolandreis.

4 Comentários

Arquivado em É o Brasil!, correspondente internacional, L’Andreis, trip phina

4 Respostas para “De volta

  1. sebastiao ribeiro

    Fui no Zaffari ontem. Tinha um Pata Negra por R$ 2.600. E um Jamón Iberico razoável por R$ 600.

    • comi dia desses o Pata Negra e achei bem meia boca. não tinha noção que custava tanto. vou começar a prestar mais atenção na nota fiscal do supermercado… francamente!

  2. Caroline Andreis

    Qual é o teu Zaffari?

    Mas eu falo de 10 euros! 10 euros! =(
    #pobre

  3. Caroline Andreis

    Rafa: tem que ser cortado na hora, na tua frente. =)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s